Sindicom Facebook Twitter YouTube

Sindicato dos Trabalhadores em Comunicação de Goiás

Arquivos por tag: comunicacao gratidao

É hora de agradecer

O fim de um ciclo clama por gratidão. Agradecer é preciso para que novos presentes se apresentem

Por Aurea Regina

É hora de agradecer. É tempo de listar as conquistas, as intenções, as tentativas. Agradecer também as perdas, que sob o olhar mais positivo, nos ajudam a amadurecer. O que hoje foi um equívoco, amanhã - se bem ajustado - poderá contribuir para um resultado mais produtivo.

A gratidão é virtude dos sábios, prática de quem pode enxergar mais longe. Ser grato é reconhecer o feito de alguém, entender o movimento do Universo e retribuir o que o outro podia dar e deu.

Se ainda faltam motivos para você ficar contente com o próprio desempenho, comece a praticar a gratidão. Nas mínimas coisas, nos pequenos feitos, nas menores realizações. Pode ser o cumprimento do porteiro, a gentileza no trânsito ou um mega favor de um amigo do peito. Não importa o tamanho, nem o valor financeiro do que foi feito. O importante é entender a grandiosidade do ato, a intenção positiva do fato, a essência do momento.

Muitos de nós sabem mais pedir do que agradecer. Sabem mais cobrar do que dar. São mestres em exigir, sem contemplar. Para se sentir grato é preciso olhar fundo, ouvir e não apenas escutar, é necessário se entregar por inteiro e não doar apenas a metade.

A gratidão exige tempo, dedicação, carinho e capricho. Como perceber o presente se não pode entender a intenção?

Para ser grato é fundamental se despir das expectativas. Sem fazer castelos de areia ou filmes mentais, aquele que é grato vê e sente só o que existe, o que é real.

A gratidão pelo abraço que acolhe, pelo ombro que suporta, pelos ouvidos abertos que apenas recebem.

Quem mais agradece, mais ganha. Quem mais doa, mais tem. Essa é a mecânica, assim funciona a engrenagem perfeita dos movimentos da vida.

Comece agradecendo a si mesmo. Em pensamento ou de forma verbal, seja grato à sua força interior, aos seus propósitos e ações. Ative a memória e não economize palavras para agradecer o ser que você se tornou, os desafios superados, os debates internos, as dúvidas que te consumiram e as certezas que se apresentaram ao longo do caminho. Agradeça também aos mais próximos que te acolheram, te incentivaram e te amaram. Não deixe de agradecer os que duvidaram, te hostilizaram, os que te trataram com indiferença e não bateram palmas nos teus momentos de vitória. Os antagonistas nos fortalecem, não se esqueça disso. Temos que agradecê-los por nos motivarem a continuar andando pra frente, porque é pra frente que se anda.

Seja grato também aos invisíveis. Às pessoas que não fazem parte diretamente de suas conquistas, mas que contribuem para o bom andamento das coisas.

Agradeça também o que ainda não tem! A medida em que se dispõe a visualizar o que ainda virá, está se abrindo para os presentes que vai receber.

Você pode também registrar os agradecimentos por escrito. Num pote ou caixa, vá colocando pequenos pedaços de papel com as anotações de tudo por que é grato. Bole o pote da gratidão pra no final de 2016 contabilizar tudo aquilo que foi motivo pra agradecer.

Agradecer faz bem! Aproveite o fim de um ciclo para começar outro mais grato ainda.

Fonte: Administradores.com