Sindicom Facebook Twitter YouTube

Sindicato dos Trabalhadores em Comunicação de Goiás

Categoria elege representantes à plenária eleitoral e ao 11º Congresso da Fitert

Matéria atualizada em 13/09/2017, às 14h30.

Sindicatos de Radialistas de todo o país estão elegendo representantes da categoria a participar da Plenária Eleitoral da Fitert e do 11º Congresso da Federação, que acontecem dos dias 5 a 7 de outubro deste ano em Brasília. No dia 5, a plenária definirá a partir de representações de todos os sindicatos filiados a próxima diretoria que conduzirá a Fitert até 2020.

O Congresso Nacional da Federação, que acontece em meio à onda de retrocessos aberta com o golpe institucional-midiático que depôs a presidenta Dilma Rousseff, discutirá os melhores caminhos e táticas para a categoria enfrentar os ataques apresentados na atual conjuntura nacional e internacional, as reformas Trabalhista e Previdenciária, os impactos das novas tecnologias e transformações no mundo do trabalho e para a categoria. também estará em pauta no Congresso a organização das lutas específicas em defesa da Lei dos Radialistas, do piso salarial nacional, da aposentadoria especial e da carteira nacional de identificação dos radialistas, além do fortalecimento do Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC) e da luta por uma comunicação de qualidade e com respeito aos direitos trabalhistas no país.

Em 24 de agosto aconteceu a primeira assembleia dos sindicatos filiados à Federação, a do Sinterp-Bahia. Foram eleitos à plenária Dimas Araújo, Richard Cordeiro, Rogério Galdence, Ray Cruz e Tina Maria. Os radialistas baianos também indicaram Everaldo Monteiro (atual vice-coordenador da Federação e delegado nato à plenária eleitoral) e Dimas Araújo como candidatos a uma das vagas na direção da entidade nacional dos trabalhadores radialistas.

No Rio Grande do Sul a assembleia aconteceu no dia 29 de agosto e elegeu à plenária e ao congresso os seguintes trabalhadores: Silvonei Benfica, Daniel Braga, Valdemir Rodrigues Brum, Edson Eduardo Silva e Everton da Silva Quadros, além do diretor da Fitert José Henrique.

No dia 31 de agosto aconteceu a assembleia do Sindicato dos Radialistas do Rio de Janeiro. Foram eleitos delegados à plenária eleitoral Leonel Querino, Marcelo Pitanga, Marco Antônio da Cruz Gomes, Paulo Moreira, Humberto Olegário e Roberto Martiniano. Andréa Bussolo, dirigente da Federação, é delegada nata. Os profissionais já citados são também delegados ao 11º Congresso da Fitert, numa delegação que inclui também Luís Cláudio Gouveia, Paulo Balesteros e Ailton Júnior.

Os radialistas de Brasília elegeram sua delegação no dia 1º de setembro, em assembleia realizada no auditório do Sindicato dos Urbanitários do Distrito Federal. Foram eleitos 5 (cinco) delegados à plenária. São eles: Marcos Denir Marques Braga, Gustavo Alexandre Viana Martins, José Farias de Carvalho, Francisco Pereira da Silva e Marcos Clemente. Carlos Alberto de Macedo Paes, dirigente da Fitert, é delegado nato. Ao congresso foram eleitos delegados: Gustavo Alexandre Viana Martins, José Farias de Carvalho, Francisco Pereira da Silva, Marco Antônio Arguello Clemente, Paulo César Gomes, Maria de Fátima Barboza, Edna Mamédio Pereira, Cícero Gonzaga de Araújo, Higson Sued Gayoso Miranda e Denilson Gomes Moreira. Será observador candango no 11º Congresso José Lins de Albuquerque.

Também no dia 1º de setembro foi realizada assembleia no Pará, onde foram eleitos delegados à plenária eleitoral e ao 11º Congresso os radialistas José Alexandre da Silva Neto, Nagi Ribeiro Sanches, Manoel Miguel Casseb de Almeida, Pedro Moia de Souza Júnior e Daniel Souza de Almeida. São delegados paraenses natos Antônio Alberto Araújo da Silva e Francisco de Castro Silva, integrantes da diretoria da Fitert.

No dia 2 de setembro foi a vez dos radialistas paulistas elegerem seus 9 delegados à plenária eleitoral e 8 delegados ao Congresso. São delegados natos à plenária Sérgio Ipoldo Guimarães e João dos Reis, integrantes da direção da Fitert. Além de José Marcos de Souza, Edson Amaral, Carlos César Cecílio Ramos, José Marcos Posca, Nadir Donizete de Oliveira Jacob, Marco Antônio Ribeiro e Ana Rosa da Silva. São delegados ao 11º Congresso Nacional da Fitert: Arnaldo Marcolino da Silva Filho, William Ribeiro Gomes, Jurandir de Oliveira Costa, Silvio Silva Trevisan, Ademir Gomes dos Santos, Hegberto Paschoa Balboni, Antônio Luiz Ferreira Ramos e Cristiano Santos Machado. Os observadores ao congresso são João Carlos Guimarães e Wilson de Oliveira. O coordenador da Fitert e funcionário da Rede Bandeirantes no Estado de São Paulo, José Antônio Jesus da Silva, teve sua candidatura nata apresentada à assembleia do Sindicato dos Radialistas de São Paulo, onde é sócio e e reside no Estado, mas seu nome não foi referendado nesta assembleia.

Em 4 de setembro o Sindicato dos Radialistas de Goiás elegeu 9 delegados ao Congresso: Miguel Joaquim de Novaes Filho e Edwilson da Silva (como delegados natos ao congresso e à plenária), Edízio Moura da Silva, Paulo César Moreira da Costa, Ernesto Fleuri, Teresa Cristina Ribeiro, Marco Antônio Tavares Ferreira, Fernando Cozac e Marcelo Alves do Rego. Além de Josiel Santos Meneses como suplente. À plenária foram eleitos Edízio Moura da Silva, Paulo César Moreira da Costa, Ernesto Fleuri, Teresa Cristina Ribeiro e Marco Antônio Tavares Ferreira, ficando Fernando Cozac e Marcelo Alves do Rego como suplentes. Miguel Novaes foi indicado para continuar na direção executiva da Federação, e - caso seja viável permaneça na secretaria de relações internacionais.

Os estados do Amapá, Espírito Santo, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Roraima e Sergipe, e os municípios de Campina Grande, Ilhéus, Itabuna, Imperatriz e Santarém também já realizaram suas assembleias. Mas a documentação e listas de delegados eleitos nesses estados e cidades ainda não foram repassadas à secretaria de imprensa para divulgação das representações eleitas. Assim que chegarem as informações destes sindicatos serão publicadas as delegações.

A Secretaria de Imprensa da Fitert considera importante a publicação de quem serão os participantes da plenária que terá a responsabilidade de eleger a nova diretoria da Federação e também quem serão os participantes do Congresso, a fim de garantir a toda a categoria o máximo de transparência e lisura no processo.

Atualizado em 12/09/2017 às 17h36.

Fonte: Da redação, com informações dos sindicatos.