Sindicom Facebook Twitter YouTube

Sindicato dos Trabalhadores em Comunicação de Goiás

SINDICOM participa do 2º Ciclo de Conferências sobre História da Mídia em BH

Calazans - Ihgbh

No sábado (11/07), o Instituto Histórico e Geográfico de Minas Gerais realizou na sua sede em Belo Horizonte, a solenidade de encerramento do 2° Ciclo de Conferências sobre a História da Mídia em Minas Gerais, em parceria com a Academia Mineira de Letras e coordenado pelo Associado Efetivo Rogério Faria Tavares, titular da cadeira número 71, cujo patrono é Viegas de Menezes, precursor da imprensa no estado.

José Calazans de Santana Filho, radialista e membro da diretoria do Sindicato dos Trabalhadores em Comunicação no Estado de Goiás - SINDICOM marcou presença, convidado pela palestrante, Prof.ª Dra. Nair Prata, Docente do Curso de Jornalismo e do Programa de Pós Graduação em Comunicação da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), diretora da Regional Sudoeste da Intercom, vice-presidente da Associação de Pesquisadores da História da Mídia. Nair Prata falou sobre a "História do Rádio em Minas".

Em módulos, ela lembrou as primeiras emissoras de rádio em Minas Gerais, sendo a pioneira Rádio Sociedade de Juiz de Fora, seguida pela Rádio Mineira que foi a precursora do rádio em Belo Horizonte. Destaques especiais para as Rádios Guarani (hoje fora do ar) e Inconfidência e seus programas de auditório. Menção especial para a Rádio Itatiaia, que iniciou suas transmissões em 1951 com nova concepção: jornalismo e esporte, novidades para a época.

A Professora Nair Prata fez uma homenagem aos pioneiros do rádio em Minas Gerais, com destaque para o programa "A Hora do Fazendeiro" que está no ar desde 1936 sempre na Rádio Inconfidência: isto há 79 anos, com registro do Guines Book, o livro dos recordes como o mais antigo do mundo apresentado de forma ininterrupta. Convidado pelo Presidente do Instituto Histórico e Geográfico de Minas Gerais, Wagner Colombarolli, que dirigiu a reunião, o representante do SINDICOM Goiás, José Calazans de Santana Filho, fez parte da mesa juntamente com o Presidente da Academia Mineira da Letras Olavo Celso Romano, Tancredo Antônio Naves, Presidente da Rádio Inconfidência e representando o Secretário da Cultura de Minas Gerais Ângelo Oswaldo de Araújo e membros da Ordem dos Advogados do Brasil - Secção Minas Gerais e do IHGMG e AML.